Produção de Conteúdo

AG Pratique Comunicação
11.94520 4634

"Oficinas Culturais 2018": PoloAC elabora programação especial

 

O coordenador pedagógico do Polo Artístico-Cultural (PoloAC), professor Anselmo Dequero, reiterou nesta quarta-feira, 28/03, a importância da programação das “Oficinas Culturais 2018” especialmente elaborada a fim de formar e promover a vivência da comunidade na área cultural. Com oito atividades inéditas, o docente também destacou o desenvolvimento das ações destinadas à promoção de justiça e de defesa da cidadania de mulheres e homossexuais.
 

As atividades foram desenvolvidas no primeiro bimestre deste ano a partir de uma pesquisa de opinião e satisfação realizada pelo PoloAC no ano passado. “Neste trabalho, constatamos que a maior dificuldade do participante estava justamente relacionada ao local onde as oficinas culturais eram aplicadas. Por isso, e como forma de contemplar as solicitações apresentadas, decidimos aplicar as atividades nos locais indicados pelos participantes”, complementou.
 

De acordo com Anselmo Dequero, as atividades oferecidas pelo PoloAC são de curta e média durações, com preços populares e o direito a certificado de participação aos que cumprirem até 80% da carga horaria proposta pela oficina cultural. “Nesta etapa, as atividades ainda serão presenciais. Mas, a partir dos próximos meses, também deveremos instituir um trabalho similar ao que atualmente é realizado por unidades que atuam no ensino a distância”, disse.
 

Entre as atividades propostas, três são exclusivas da área de Artes Cênicas: “A Arte de Encantar”, destinada aos que pretendem aprender sobre a contação de histórias, e o “Curso Livre de Iniciação ao Teatro” são coordenados pelo ator e professor Roberto Isler; já “Máscara Teatral”, que apresenta ao participante o conceito sobre a utilização de máscaras por atores e também as principais técnicas de produção artesanal, é ministrada por Anselmo Dequero.
 

Na área de literatura, o PoloAC preparou quatro atividades com linguagens exclusivas: “Como Elaborar um Fanzine – revista de bolso customizada – e “Estudo sobre Cordel”, de Anselmo Dequero; e “Linha na Pipa”, que traz uma análise das relações sociais a partir das vivências e apontamentos da jornalista Daniele Ricci, que também coordenada a oficina cultural “[Conteúdo Criativo] 10 Maneiras de Escrever um Texto Espetacular e Atrair Leitores para Você”.
 

Em “A Conquista da Cidadania LGBTI”, o participante poderá conhecer o documentário que trata sobre o cotidiano do ator transformista Fábio Henrique dos Santos, que seis anos atrás foi vítima de ataques virtuais homofóbicos. Após a exibição do documentário, os participantes debatem sobre homofobia e violência contra minorias sociais. “No portal do PoloAC há um breve resumo sobre as funções e os objetivos de cada uma das oficinas culturais”, concluiu.
 


SERVIÇO
Oficinas Culturais 2018

Mais informações:
www.poloac.com.br

(Clique em “Oficinas Culturais”)


 

Please reload

Atualizações
Please reload