Produção de Conteúdo

AG Pratique Comunicação
11.94520 4634

Condephaat anuncia tombamento do Palácio Mogiana, de Campinas

 

O Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat) aprovou o tombamento do Palácio Mogiana, em Campinas. A iniciativa integra o trabalho de preservação remanescente da antiga Companhia Mogiana de Estradas de Ferro, que desempenhou papel relevante em processos históricos, sociais e econômicos.

 

O principal objetivo da construção das ferrovias foi o de agilizar o escoamento da produção de café, diminuindo o tempo de transporte entre os locais de produção e os portos de onde a mercadoria era exportada. Neste sentido, o Palácio da Mogiana, erguido no estilo eclético, representa o auge de Campinas como um dos principais polos de expansão do café. O palácio serviu como sede para a Companhia Mogiana de Estradas de Ferro de 1910 a 1926, mas permaneceu sediando atividades da companhia até 1972. Ele teve de ser alterado em sua forma original em 1953, quando uma das alas teve de ser demolida para alargamento de uma avenida, mas passou por uma minuciosa restauração em 2014 e hoje é sede de diferentes equipamentos públicos nos vários prédios do lote.
 

O tombamento do Palácio Mogiana traz este patrimônio para a esfera de valorização pública e busca garantir a orientação de futuras intervenções, de modo a assegurar preservação destes locais pela comunidade.

Please reload

Atualizações
Please reload