Destino de Bernardina e Campesina está em “Uma História para Elise”


Não parece mesmo haver limites para o dito "rigor da justiça" brasileira! Pelo menos não para Bernardina e Campesina – personagens de Cleiton Carlos e Ari Moura –, sucessivamente, precisam encontrar rapidamente uma forma de tentar convencer o incrédulo Antero da Redenção de que nada sabiam sobre o (suposto) desaparecimento da principal personagem da boate da Rua XII. Esse o enredo de “Uma História para Elise”, com texto e direção de Anselmo Dequero, que terá sua reestreia na sexta-feira, 04/05, no Museu da Imagem e do Som (MIS Campinas).

O espetáculo, que é resultado do primeiro módulo do curso livre de Artes Cênicas (Teatro) do Polo Artístico-Cultural, foi apresentado pela primeira vez há dois anos. “O que era apenas para ser uma prática de montagem de conclusão de módulo acabou se tornando numa interessante tragicomédia sobre as investigações de um oficial da Justiça sobre duas personagens coadjuvantes de uma boate de subúrbio destinada ao público LGBT”, comenta Anselmo Dequero. SERVIÇO “Uma História para Elise” Texto e direção: Anselmo Dequero Elenco: Ari Moura e Cleiton Carlos Assistente: Luiz Fellype Ribeiro Local: Museu da Imagem e do Som Rua Regente Feijó, 859. Centro – Campinas/SP Data: 04/05/2018 Horário: 19h30 Classificação: 16 anos. Entrada Gratuita Informações Adicionais Crédito de Imagem: Renato Junque. Bastidores: PoloAC (https://goo.gl/d8bT8M) Video-Release: YouTube (https://youtu.be/lWPKV1y-XjU)

Curta e inscreva-se no canal de humor mais abençoado do Brasil

Os melhores vídeos disponíveis para você na maior e melhor plataforma do gênero em nível mundial. Clique aqui!