Produção de Conteúdo

AG Pratique Comunicação
11.94520 4634

Espetáculo "Santo Humor" será apresentado no MIS Campinas

 

Confusões e conflitos de três freiras bastante simpáticas – mas pouco convencionais – estão em “Santo Humor, uma Comédia Divina”, da Cia. Arte Descontrole e do Polo Artístico-Cultural. A apresentação será realizada no sábado, 05/05, às 19h30, no Museu da Imagem e do Som (MIS) de Campinas, com entrada gratuita. Depois do espetáculo, haverá um debate com os atores sobre o processo de pesquisa e de formação do conteúdo teatral.

No espetáculo, as irmãzinhas Agnes (Madre Superiora), Cida e Betany, que são as remanescentes da Ordem do Altíssimo Nosso Senhor de São Cifrão, aparecem desesperadas por emprego, pois precisam garantir a continuidade das atividades prestadas à comunidade de baixa renda e à população que vive em situação de “vulnerabilidade social” (como adoram afirmar). Não contavam, no entanto, com as dificuldades do disputado mercado de trabalho.

“As irmãzinhas infelizmente não esperavam encontrar tantas dificuldades no mercado de trabalho, que são muito comuns às pessoas que nunca tiveram nenhuma experiência profissional. Este, portanto, o principal enredo desta hilariante comédia contemporânea, que consegue vincular às técnicas do stand up comedy o humor ingênuo e desprendido que comumente utilizamos no teatro”, comenta o ator Roberto Isler, que interpreta a doce Irmã Agnes.

No elenco também estão Cleiton Carlos e Anselmo Dequero – as irmãs Cida e Betany, respectivamente –, que vivem num eterno conflito por discordarem sobre as maneiras adequadas de se procurar emprego. “Irmã Cida é ingênua, meiga e bastante sonhadora. Também é a mais jovem entre as três irmãs. A pobrezinha vive se esquivando dos ataques de Irmã Betany, que não aceita as mudanças naturais que ocorrem na Ordem”, disse Roberto Isler.

De acordo com o ator, durante a apresentação a plateia torna-se “coadjuvante” nestas confusões e nestes conflitos das freiras de São Cifrão. “O espetáculo pretende movimentar a plateia, que poderá interagir com todas as personagens. Como as irmãs viviam praticamente enclausuradas no convento, toda nova situação relacionada à procura por emprego é motivo para que se desesperem e, claro, peçam ajuda ao ‘fiéis’ que estiverem presentes”, concluiu.

O espetáculo conta com a produção artística da AGPratique Comunicação Social – empresa especializada na realização, promoção e divulgação de espetáculos culturais – e com o apoio cultural da prefeitura de Campinas, por meio da Secretaria de Cultura e do Museu da Imagem e do Som (MIS).


Participação Especial
A apresentação de “Santo Humor, uma Comédia Divina” contará ainda com a participação especial do ator Renato Nunes, que interpreta a drag queen Natasha Sahar. A personagem conseguirá desbancar – sem lá muitas dificuldades, importante destacar – as três religiosas da Ordem do Altíssimo Nosso Senhor de São Cifrão num concurso de transformistas. “Uma situação diferente e inusitada até mesmo para Natasha Sahar”, diverte-se o ator.


Processo de Pesquisa
Após a apresentação, a plateia será convidada para participar de um bate-papo proposto pelo MIS Campinas sobre o processo de pesquisa e de formação do conteúdo teatral da Cia. Arte Descontrole e do Polo Artístico-Cultural. “Trata-se de uma atividade comum à programação, que é desenvolvida há alguns anos à comunidade pelo Museu da Imagem e do Som”, complementou o coordenador-geral do MIS Campinas, Alexandre Sônego de Carvalho.


Video-Release

 


SERVIÇO
“Santo Humor, uma Comédia Divina!”

Com Roberto Isler, Cleiton Carlos e Anselmo Dequero
Assistente: Luiz Fellype Ribeiro

Local: Museu da Imagem e do Som
Rua Regente Feijó, 859.
Centro – Campinas/SP
Data: 05/05/2018
Horário: 19h30
Classificação: 16 anos.
Entrada Gratuita


Informações Adicionais
Crédito de Imagem: Renato Junque.
Bastidores: PoloAC (https://goo.gl/mNhJeK)
Video-Release: YouTube (https://youtu.be/q6agzOFxTmk)

 

Please reload

Atualizações
Please reload