Produção de Conteúdo

AG Pratique Comunicação
11.94520 4634

União lança cartilha de brincadeiras tradicionais para várias faixas etárias

 

“Corre cutia, de noite e de dia, corre cipó na casa da vó, lencinho na mão, caiu no chão, moça bonita do meu coração. Pode jogar? Pode! Ninguém vai olhar? Não!” A brincadeira pode parecer apenas um passatempo despretensioso, mas, quando o assunto é desenvolvimento infantil, “Corre, Cutia” é referência em exercícios que estimulam a coordenação motora, o equilíbrio, a direção, a atenção, a agilidade e a força muscular.

A recreação típica da região centro-oeste é uma das 42 atividades listadas na cartilha Jogos e Brincadeiras das Culturas Populares na Primeira Infância, lançada pelo governo federal nesta terça-feira (28), Dia Internacional do Brincar.

A cartilha reúne também brinquedos da cultura tradicional do Brasil para a primeira infância, divididos por faixa etária, desde o nascimento até os seis anos. Está disponível on-line neste link e na página do Programa Criança Feliz, no portal da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania.

A cultura do brincar é importante e necessária não apenas para o desenvolvimento da criança em todas as suas dimensões, mas como retrato de um patrimônio imaterial valioso, que reflete a história do Brasil.

Banco de Imagens

 


Criança Feliz
A cartilha faz parte do Programa Criança Feliz, esforço interministerial envolvendo os ministérios da Cidadania, da Saúde, da Educação, e da Mulher, Família e Direitos Humanos. Participaram da construção desse guia organizações de todo o Brasil que atuam junto à cultura do brincar, além de equipes de escolas estaduais e de unidades básicas de saúde. 

 


Dia do Brincar
Brincar é um direito de toda criança, garantido no Artigo 31 da Convenção dos Direitos da Criança das Nações Unidas. O Dia Mundial do Brincar (World Play Day) é celebrado em mais de 40 países. A data foi criada em 1999 pela International Toy Library (ITLA), na 8ª Conferência Internacional de Ludotecas, em Tóquio. Foi celebrada pela primeira vez em 2000 e reconhecida no calendário do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). O dia 28 de maio foi escolhido devido ao aniversário da ITLA.

 

Please reload

Atualizações
Please reload