Produção de Conteúdo

AG Pratique Comunicação
11.94520 4634

Artistas utilizam o grafite para compor cenário urbano em Campinas

18/06/2019

 

Um herói que dispara raio laser pelos olhos divide o mesmo espaço público com os demais personagens do imaginário criativo de artistas plásticos que transformaram (para melhor) a cena urbana, em Campinas/SP. Cores fortes e traços precisos deram um significado diferenciado ao amontoado de concreto de um dos pontos mais movimentados da Lagoa do Taquaral. 

As bases de sustentação do viaduto da Av. Júlio Prestes – que integra o corredor Norte-Sul – sobre a Av. Dr. Heitor Penteado, no Taquaral, tornaram-se uma verdadeira galeria a céu aberto. Nesta intervenção, diversos artistas plásticos utilizaram o grafite para melhor retratar suas criações.

Por estarem num ambiente coletivo e público, as criações interagem diretamente com os indivíduos; provocam ainda alterações nos cenários urbanos (o Pastel do Gordinho e a tenda de água de coco ficaram bem mais interessantes). A manifestação artística é muito semelhante a do Museu Aberto de Arte Urbana de São Paulo (MAAU-SP), na zona norte da capital paulista.

Na prática – e o que considero mais interessante –, os grafites das bases de sustentação do viaduto representam o encontro da arte com a vida dos que estão numa grande metrópole, pois a fusão de ambas se dá naturalmente, na medida em que o ser humano vive e se desloca pela cidade.

 

Banco de Imagens

O registro fotográfico das imagens ocorreu no sábado, 15 de junho de 2019.

 


Grafite
O grafite é uma forma de manifestação artística em espaços públicos. A definição mais popular diz que o grafite é um tipo de inscrição feita em paredes (existem relatos e vestígios dessa arte desde o Império Romano). Seu aparecimento na Idade Contemporânea ocorreu na década de 1970, em Nova Iorque, quando jovens começaram a deixar suas marcas nas paredes da cidade.


 

Localização

Av. Dr. Heitor Penteado, trecho sob o viaduto da Av. Júlio Prestes.

 

Please reload

Atualizações
Please reload