II Bibliofest oferece oficinas culturais gratuitas em maio em ambiente virtual

Vagas limitadas.

Grupo Patubatê, de São Paulo.

Linguagens culturais diversificadas e inspiradas nos 17 Objetivos de Desenvolvimento sustentável da Agenda 2030 serão a base da programação da segunda edição do BiblioFest. Entre os dias 7 e 16 de maio, o evento oferecerá 15 oficinas culturais direcionadas a crianças, jovens e adultos, além de encontros e bate-papos literários com atrações de renome nacional como Laerte, Milton Hatoum e Ricardo Lísias. Os interessados em participar devem se inscrever pelo formulário disponível a partir desta sexta-feira (23) no site da Associação de Bibliotecários e Profissionais da Ciência da Informação do Distrito Federal (ABDF, clique aqui).

O BiblioFest foi pensado para ser um evento presencial, de forma a reforçar o papel das bibliotecas como um espaço de socialização e convergência de ofertas culturais. Entretanto, com a pandemia do coronavírus, ele teve seu formato adaptado. "O principal desafio desta edição virtual está na interação com os espectadores e na capacidade de tê-los envolvidos nas atividades, especialmente nas oficinas. Para isso, trabalharemos uma dinâmica na qual será priorizada essa interação", explicou o curador do II Bibliofest, Ricardo Queiroz. Entre as 15 oficinas previstas, quatro são voltadas ao público infantil: musicalização para crianças com o grupo Patubatê (imagem acima); ilustração, com Jô Oliveira; bonecos mamulengos, com Chico Simões; formação do leitor, com a encenação de "Racumim e Racutia - Deu Rato na Biblioteca", na qual duas ratas de biblioteca interagem com as crianças para instigá-las à busca por esses espaços. A programação completa está disponível no site e redes sociais da ABDF. Para o público adulto, o BiblioFest promove oficinas que trazem para o debate os planos de desenvolvimento nacionais e regionais para cumprimento de metas prioritárias à humanidade e ao planeta, em ações sustentáveis e de transformação. Entre os temas que serão abordados nas oficinas, estão as ações das bibliotecas pela Agenda 2030, racismo e representatividade negra na literatura brasileira, antirracismo na formação de coleções e desenvolvimento de acervos, Biblioterapia – técnica que utiliza a leitura no tratamento de distúrbios nervosos –, incidência política na atuação do bibliotecário e formação de cineclubes online.

Finalidade Os objetivos da Agenda 2030 também serão o viés de 20 bate-papos promovidos com escritores, ilustradores, bibliotecários e artistas. Entre os nomes confirmados, estão a cartunista e chargista Laerte, os escritores Milton Hatoum e Ricardo Lísias, a escritora Maria Valéria Rezende, a ecóloga Nurit Bensusan, os ilustradores Roger Mello e Jefferson Costa, ganhador do prêmio Jabuti em 2019, além de grandes nomes do cenário local e nacional. De acordo com o curador do evento, a segunda edição do Bibliofest se apresenta num contexto de transformação que suscita diversas mudanças culturais e comportamentais. "Para formular novas respostas a novas perguntas, buscamos, nas ações culturais e na articulação com a sociedade, fazer desses espaços de informação e conhecimento uma grande ferramenta para atingirmos a democratização do acesso à informação e o desenvolvimento sustentado", concluiu Ricardo Queiroz. O II BiblioFest é realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do DF e apoio da Biblioteca Nacional de Brasília e da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF.


II BiblioFest

Data: 07 a 16/05/2021 Horário: das 10 às 20h

Local: Canal ABDF Hoje Ambiente Virtual, clique aqui. Inscrições: de 23 de abril até dois dias antes da oficina (vagas limitadas).

02_Atividade_será_ministrada_pelo_profes
centro_de_memória_do_circo__hoje_tem_esp
site_ProAc.jpg
170119IrmaCida.jpg
19.11.20 - Izilda e Zoroastro.jpg
ELISEUmaHistoriaPara.jpg
130917materia_blog.jpg
01SHumor_Cleiton Carlos e Anselmo Dequer
Uma História para Elise.jpeg