Startup de entretenimento lança projeto para retorno às aulas presenciais

Iniciativa inédita marca terceira fase do projeto.

Plataforma de histórias infantis em áudio vai trabalhar o tema da saúde.

A Freestory, primeira plataforma do Brasil de histórias infantis em áudio e 100% autorais, lança mais um produto: a Freestory Educação. Com o lançamento, a startup de entretenimento tem a intenção de colaborar com escolas de todo o país no ensino de disciplinas extracurriculares, como empreendedorismo, nutrição e saúde.

Criada neste ano durante a pandemia de coronavírus, a Freestory é uma iniciativa da psicóloga Mariane Menegatti e do jornalista, escritor e roteirista Ibraim Gustavo, voltada ao público infantil.

A primeira fase da startup é baseada na série “Aventurados”, que relata o cotidiano de quatro amigos - Meg, Ed, Vic e Tom - em suas diversas aventuras. Segundo Ibraim Gustavo, que é Head de Criação e Inovação da Freestory, a plataforma está em sua terceira fase: “Depois de ‘Aventurados’, outros autores, de várias partes do Brasil, estão chegando para incrementar o menu de opções do assinante. E agora, estamos iniciando a terceira fase, que também são histórias autorais, mas voltadas à alunos do Ensino Infantil”, disse.


Para acessar a plataforma, clique aqui.


O Retorno das Atividades Presenciais

Como projeto inaugural dessa fase, a ser lançado no primeiro semestre de 2021, foi escolhido o tema Retorno às Atividades Escolares Presenciais, abordando junto aos alunos como será o mundo no pós-pandemia e, em parceria com os colégios, fornecendo as instruções necessárias para que os estudantes e seus familiares sintam-se seguros para o retorno das atividades presenciais.

“Dada a presente ocasião pela qual o mundo atravessa e a importância da discussão do tema por todos os membros da sociedade, a Freestory, em parceria com mentores e consultores, identificou esse conteúdo como o mais apropriado para a iniciar as atividades da Freestory Educação, em colaboração com escolas e instituições de ensino”, afirma Mariane Menegatti.

Tanto a saúde física quanto a saúde mental serão trabalhadas em sala de aula, porém com o auxílio do storytelling, “uma ferramenta poderosa para encantar e engajar as crianças. Com as histórias, podemos falar sobre diversos assuntos com os estudantes, atraindo a atenção de todos para pautas importantes da vida”, complementa.

Curta e inscreva-se no canal de humor mais abençoado do Brasil

Os melhores vídeos disponíveis para você na maior e melhor plataforma do gênero em nível mundial. Clique aqui!