A origem da Arte Urbana e a sua reinvenção norte-americana


Neste blog você já aprendeu um pouco sobre arte urbana! Todo conteúdo multicultural encontrado nas ruas e avenidas pode se enquadrar nessa classificação, seja por meio de intervenções ou grafites. As performances também integram essa manifestação – ou expressão, como preferem alguns artistas – cada vez mais comum nos grandes centros e até em municípios de médio porte. Esta arte urbana pode ter sido reinventada nos anos 1960 e 1970, nos Estados Unidos. A principal característica dessa época era o caráter dinâmico e, por vezes temporário, como podem ser notados (imortalizadas) nos trabalhos de fotografia. Optei por “reinventado” por entender que essa arte urbana remonta períodos anteriores, muito antigos. Afinal, os gregos e romanos já transmitiam mensagens pelas vias públicas, bem como possuíam muitos artistas nos centros urbanos (música, teatro, dança etc.). Desde então, o principal intuito da arte urbana é justamente sair dos lugares “consagrados”, ou seja, aqueles destinados à exposição e às apresentações artísticas (teatro, cinemas, bibliotecas, museus etc.). A partir dessas intervenções históricas, a arte urbana deu visibilidade à criatividade anônima das ruas e avenidas. Foto: Imagem de Arquivo.

02_Atividade_será_ministrada_pelo_profes
centro_de_memória_do_circo__hoje_tem_esp
site_ProAc.jpg
170119IrmaCida.jpg
19.11.20 - Izilda e Zoroastro.jpg
ELISEUmaHistoriaPara.jpg
130917materia_blog.jpg
01SHumor_Cleiton Carlos e Anselmo Dequer
Uma História para Elise.jpeg