“Os Doidivanas”: humorístico chega às principais plataformas de podcasts

Áudios relatam o cotidiano do casal Izilda e Zoroastro.

Anselmo Dequero e Kate Dias.

As extravagâncias e imprudências de um casal de meia idade, que preferiu ocupar o tempo bisbilhotando a vida alheia, serviram de fundamento à produção da primeira série de podcasts realizada pelo Polo Artístico-Cultural (PoloAC), um coletivo de pesquisa das artes cênicas de Campinas/SP. Izilda e Zoroastro vivem na Vila das Mercês e parecem não aceitar as mudanças impostas pela sociedade.

Na primeira temporada, a série de podcasts conta com 13 episódios – criados entre agosto e outubro –, com média de oito minutos de duração. Os temas abordados tratam especificamente sobre as experiências vivenciadas pelo casal de meia idade – na verdade, ambos já ultrapassaram os 65 anos –, que simplesmente decidiu ignorar todos os acordos de convivência (mas com bom humor).

Izilda e Zoroastro são o resultado do projeto de pesquisa das artes cênicas desenvolvido no início deste ano pelos atores e produtores Anselmo Dequero (Zoroastro) e Kate Dias (Izilda) visando à construção de um espetáculo cômico – sem data prevista de estreia –, conforme linha de atuação definida pelo PoloAC. Para ampliar o projeto, no entanto, decidiram migrar para plataformas alternativas.

“No início, procuramos uma alternativa com o intuito de testar o conteúdo produzido para o espetáculo. A intenção era saber qual a reação do público acerca dos temas propostos nos primeiros textos, também fundamentados num trabalho de observação. Com isso, conseguimos chegar a um resultado que têm se demonstrado bastante interessante e divertido aos ouvintes”, disse Anselmo Dequero.

Segundo o ator, apesar de o tema parecer comum, a abordagem realizada em “Os Doidivanas” confere às personagens um caráter bastante lúdico, e por vezes até ingênuo, frente às diversas mudanças (principalmente comportamentais) que estão ocorrendo em nível mundial. “Toda esta vivência garante o entretenimento e a diversão que defendemos em nosso projeto artístico”, complementou.


Plataformas

Os 13 episódios produzidos para a primeira temporada de “Os Doidivanas” estão hospedados em anchor.fm/poloac – plataforma internacional de hospedagem e distribuição de conteúdo. Além disso, o conteúdo do PoloAC também está disponível em outras plataformas de podcasts, como Apple Podcast, Breaker, Castbox, Google Podcast, Overcast, PocketCast, RadioPublic, Spotify e TuneIn.

Desde agosto, quando os episódios começaram a ser distribuídos, a Anchor contabilizou ouvintes em 10 países: Brasil (com 76% de acessos) e Estados Unidos (com 19%) representam a maioria. Também há registros de acessos na Alemanha, Espanha, França, Irlanda, Lituânia, Reino Unido, Rússia e Singapura, que representam 05% do total de acessos à plataforma entre agosto e outubro deste ano.


Apoio

O PoloAC criou uma forma especial para que o ouvinte-internauta possa contribuir com o projeto cultural. Por meio do PicPay – aplicativo de pagamentos digitais – é possível fazer doações à manutenção e ampliação da série de humor em áudio, que também chegará aos palcos. Acesse: https://bit.ly/PicPayPoloAC. Siga as orientações e pronto! Sua contribuição será muito importante ao projeto.

O ouvinte-internauta também poderá conhecer um pouco mais sobre todos os episódios de “Os Doidivanas” no site poloac.com.br/osdoidivanas. “A página também oferece acesso aos links de nossas redes sociais, como Instagram, que têm contribuído com a disseminação do projeto. A ideia é que possamos chegar a 50 episódios até o fim do próximo ano”, finalizou Anselmo Dequero.


Curta e inscreva-se no canal de humor mais abençoado do Brasil

Os melhores vídeos disponíveis para você na maior e melhor plataforma do gênero em nível mundial. Clique aqui!